quarta-feira, 9 de julho de 2008

CRISMA 2008




Sobre vós pousará o Espírito
de Sabedoria e de Inteligência,
Espírito de Conselho e de Fortaleza,
Espírito de Conhecimento,
de Piedade e de Temor de Deus.
Cf Is 11, 1-3





Depois de 10 anos de catequese, chegou finalmente o dia em que os jovens da nossa paróquia receberam o Sacramento da Confirmação.

Os jovens crismados tiveram a preparação necessária nos encontros tidos, onde houve momentos de formação, de oração e sobretudo da prática da «Lectio Divina» e ainda tempo destinado à interiorização da fé e a um maior contacto íntimo com o Mistério de Deus, nomeadamente pela «leitura orante» da Palavra de Deus.

Na recta final da preparação pastoral para o Crisma, foram confrontados pessoalmente, sobre as motivações do pedido deste Sacramento, sobre a beleza e a alegria de serem cristãos, sobre a fidelidade à Eucaristia e à comunidade, sobre a sua opção por um estilo cristão de vida, testemunhado no meio do nosso mundo.

Claro que só Deus conhece o coração e as intenções de cada um. E, apesar do percurso de catequese ser muito semelhante, a verdade é que o nível de adesão a Jesus Cristo e à Sua Igreja é único, pessoal e diferente.

Mesmo, entre aqueles que se sentem porventura menos preparados, há em todos a convicção pessoal da necessidade do Espírito Santo, como dom de Deus, que os alente, os ilumine e os fortaleça no caminho da fé e da sua missão.

Por isso, no passado dia 6 de Julho, na Igreja Matriz de Peraboa, realizou-se a Eucaristia com administração do Sacramento da Confirmação aos jovens crismandos da nossa Paróquia e da Paróquia de Peraboa, presidida pelo Bispo da Diocese da Guarda, Senhor D. Manuel da Rocha Felício.

Cerca das 11 horas, recebemos em festa o Prelado Diocesano na Capela de Nossa Senhora das Preces, donde fomos em procissão para a Igreja Matriz.

O cortejo solene até à igreja decorreu sobre um belo tapete de flores, fruto do trabalho dos jovens de Peraboa, que, para o fazerem, bem que madrugaram, sendo também visível o contentamento da população que engalanou as suas janelas com lindas colchas.

Também a igreja se encontrava muito bem arranjada para receber esta grande festa dos nossos jovens crismados e foi pequena para acolher todos quantos quiseram estar presentes nesta Celebração.


A parte musical da celebração foi assegurada, com muita beleza, pelos grupos corais das Paróquias do Ferro (Cantar em Sol Maior) e de Peraboa.


Durante a homília, o Sr. Bispo falou sobre os vícios do mundo moderno, a riqueza cada vez maior de uns contrastando com a crescente pobreza de outros e exortou os crismandos a serem sinal de esperança, sendo o sal da terra e a luz do mundo, enquanto cristãos.

Depois o Sr. Bispo impôs-lhes a mão, invocando o Espírito Santo e os seus dons e marcou-os com a cruz gloriosa de Cristo, para significar que são propriedade do Senhor, ungindo-os com óleo perfumado, para os lembrar que ser cristão é o mesmo que ser Cristo, ser Messias, ser ungido. E ser Messias e Cristo compromete à mesma missão do Senhor: dar testemunho da verdade e ser, pelo bom odor das boas obras, fermento de santidade no mundo.


No final da eucaristia, os crismados e as suas famílias, em sinal de agradecimento pela presença do Bispo Diocesano, ofereceram-lhe um conjunto de secretária, para que, no seu trabalho diário, se recorde das Paróquias do Ferro e de Peraboa.


Também não esqueceram o seu Pároco, Pe. Manuel Domingos, pois sabem que, pelo seu empenho e dedicação, as suas Paróquias progridem e geram Cristãos de valor e ao serviço dos outros.


Aqui estão os nossos Jovens, agora, Crismados.

A todos os que de uma forma ou de outra nos ajudaram a que esta cerimónia fosse possível (jovens e suas famílias, catequistas, Grupo Cantar em Sol Maior, acólitos) o nosso Bem Hajam.

Anabela e Jorge

Nota: Todas as fotos aqui apresentadas foram gentilmente cedidas pelo Fotografo Sr. Fernando Fortuna. A ele o nosso muito obrigado.

8 comentários:

Anabela Almeida disse...

Copia de um comentário que estava na noticia anterior do Crisma.

"Filomena disse...
Uma vez que tenho comentado as últimas celebrações que tiveram lugar na Paróquia do Ferro, sinto também vontade de falar acerca da Celebração do Sacramento da Confirmação que decorreu hoje em Peraboa, na qual participaram muitos dos nossos paroquianos, incluindo alguns crismandos, agora crismados.
Ao contrário do sucedido na última actividade realizada pelas duas paróquias em colaboração (Vigília Pascal), desta vez a harmonia já começou a notar-se. Aparte alguns problemas que possa ter havido, os jovens, familiares, catequistas, instrumentistas, coralistas, acólitos e demais participantes de ambas as paróquias empenharam-se, e penso que o efeito final foi bastante positivo.
Se calhar, poderemos começar a pensar em mais actividades em conjunto, e deixar de lado esta rivalidade Ferro-Peraboa / Peraboa-Ferro, acabar com a competição, as más-línguas, as intrigas… Bem, ainda temos um longo caminho a percorrer! Mas esta cerimónia foi um grande passo em frente.
Aproveito para felicitar os jovens que estiveram hoje em festa, congratular aqueles que ajudaram na sua preparação, e também agradecer a todos os que deram a sua colaboração na parte musical, que tive a honra de coordenar.

6 de Julho de 2008 23:54"

Anabela Almeida disse...

Estes jovens Crismados foram e são o nosso orgulho de Catequistas.

Jorge Cunha disse...

Queremos publicamente deixar o nosso sincero agradecimento a algumas pessoas, que muito contribuiram para que esta festa tivesse decorrido com a espiritualidade e beleza que todos pudemos ver:
Ao Grupo de Catequistas da Paróquia do Ferro, que de muitas formas nos apoioram, seja com a sua presença, física ou não, com as mensagens que nos enviaram, orientando os acólitos, contribuindo com os frutos que usamos na cerimónia, dando sugestões sobre a preparação da celebração, animando-nos quando caíamos em desânimo, e de tantas... tantas outras formas;
À Catequista Srª D. Rita pelo acolhimento com que nos recebeu e pelas suas simpáticas palavras que nos dirigiu no final da celebração;
Ao grupo de crismandos de Peraboa, pelo empenho que puseram na cerimónia;
Ao Grupo Cantar em Sol Maior, pela disponibilidade, que mais uma vez demonstraram, na colaboração com a catequese, sugerindo os cânticos, assegurando a parte coral e musical da cerimónia, etc;
Ao Gilberto e ao Luís André, sem os quais o Serviço do Altar estaria comprometido. Vós sois os maiores, mais uma vez todos vimos que quando é preciso estais lá;
Aos pais dos jovens que sempre se mostraram disponíveis para o que foram solicitados.

Finalmente ao nosso grupo do 10º ano de catequese:
À Ana, à Cláudia,à Elisa, ao Fábio, à Joana, à Maria João, ao Miguel e à Patrícia, ficais no nosso coração.

A todos os nosso BEM HAJAM!!!

Anónimo disse...

Desejo manifestar o meu reconhecimento ao Jorge e Anabela pela dedicação e trabalho que tiveram ao longo dos dois anos que dedicaram aos nossos jovens. Eu, sendo pai de um dos Crismandos, apenas posso desejar-vos a vós, vossas filhas e restante familia as maiores felicidades e "QUE DEUS VOS PAGUE".

Ana Tiago disse...

Eu adorei a cerimónia, pois tinha uma exelente "equipa técnica" por trás de tudo.
Quero também agradecer desde ja aos catequistas Jorge e Anabela que desde o inicio nos preparam muito bem e com muito empenho da ambas as partes para este Sacramento, a Confirmação.
O meu muito obrigado á "equipa técnica".
Ana Tiago

Licínia disse...

Gostaria de deixar uma palavra de apreço à Anabela e ao Jorge pela disponibilidade, empenho e dedicação que sempre prestaram aos nossos filhos.
Catequizar é humanizar, promover para a evangelização, santificar e fazer ressoar a mensagem do Evangelho.
Ao longo destes últimos dois anos VÓS fostes os arautos destes valores junto dos nossos filhos.
OBRIGADA!

Patrícia Pombo disse...

Penso que falo por todos quando digo que foi uma festa linda, onde todos se empenharam e se dedicaram ao maximo, e isso verificou-se, pois correu tudo muito bem!
Claro que nada disto era possível sem o Jorge e a Anabela, pois se estávamos assim tao motivados, é tudo graças a eles...
Sei que me estou a tornar um pouco repetitiva, mas quero agradecer mais uma vez aos meus catequistas destes dois ultimos anos, que conseguiram depositar em nos um interesse imenso pela catequese e que nos prepararam muitissimo bem para este sacramento, a confirmaçao
Obrigada e vou sentir saudades *

Jorge Cunha disse...

Deixamos aqui os nosso BEM HAJAM pelas vossas palavras amigas.
Apesar de não ser merecido, pois, enquanto cristãos, o nosso trabalho na catequese é, em primeiro lugar, a nossa obrigação de evangelizar, e depois pela GRANDE AMIZADE que criamos com os catequizandos.
É, pois, por estes dois motivos que desenvolvemos o nosso trabalho.
Claro que nos empenhamos o máximo que podemos e sabemos, pois os jovens da nossa paróquia merecem.
Gostariamos ainda de salientar o trabalho evangelizador daqueles que vieram antes de nós, pois estes só chegaram a esta fase porque passaram por todas as anteriores e porque o trabalho dos restantes catequistas foi realmente bom e motivador para continuarem na catequese.
Finalmente queríamos agradecer ao nosso grupo de 10º ano e aos seus pais pelas palavras que nos dirigiram e pelos presentes que nos ofereceram no dia da Festa do Envio.
Acreditem que as primeiras nos tocaram fundo no coração, a ponto de conseguirem o que pretendiam: porem-nos com as lágrimas nos olhos; as segundas, apesar de bens materiais, serão sempre uma grata recordação do vosso grupo e do vosso trabalho.

Agora chegou a vossa hora de trabalhar a favor da comunidade cristã. Há muitas formas de ajudar, é só escolher.

"Deixa a tua terra,
toma o teu barco,
chegou a minha hora e a tua de arriscar.
A tua descendência vai ser numerosa, grande como as areias do mar.
A tua descendência vai ser numerosa, grande como as areias do mar."

Um beijo e um abraço para todas e todos.
Jorge e Anabela.